Deixe um comentário

Negócio, missão, visão e valores – Carta de princípios

NEGÓCIO – O que fazemos?

É o ramo de atividades no qual a instituição atua. Resume os benefícios que ela proporciona para seus clientes. Considera não só o que se faz, mas é analisado, também, o espaço que pretende ocupar no mercado (demandas ambientais). Responde a perguntas como:

  • Que desejos/necessidades/expectativas atendemos?
  • Desejos/necessidades/expectativas de quem?
  • Com que áreas de negócio?
  • Em que canais¹ e em que regiões?

Segundo o TCU, no caso das organizações públicas e suas unidades, pode-se definir que o negócio é a “área de competência”.

¹Canais são  o meio de distribuir, levar o produto ao consumidor. Exemplos de canais: do O Boticário, franquias; da Avon, revendedoras; da Bauduco mercados e lojas de conveniências.

MISSÃO – Por quê ou para quê existimos?

Aqui falamos da missão institucional, a razão da existência, por que a a sociedade precisa dessa organização com esse negócio. Define para quem ela atua e visando a produção de qual impacto para esses clientes. A missão está ligada diretamente aos objetivos institucionais e aos motivos pelos quais a organização foi criada. Não deve ser confundida com os produtos ou serviços ofertados pela instituição.
Segundo Chiavenato (1999, p. 49), a missão funciona como orientador para as atividades da organização. Ela tem por finalidade clarificar e comunicar os objetivos, os valores e a estratégia adotada pela organização. Ainda segundo Chiavenato, é fundamental que todos na organização conheçam a missão e os principais objetivos institucionais, pois se as pessoas que fazem parte da empresa não sabem o motivo de sua existência e os rumos que pretende adotar, dificilmente elas saberão o melhor caminho a ser seguido.
Importante não confundir missão com a missão operacional, que são metas numéricas, quantificáveis, mensuráveis do planejamento estratégico.

VISÃO DE FUTURO – Qual situação futura desejamos?

Para Souza (2003, p. 36) a visão representa o destino que se pretende transformar em realidade. Chiavenato (1999, p. 51) a define como a imagem que a organização tem de si e do seu futuro. É estabelecida sobre os fins da instituição e corresponde à direção suprema que a organização busca alcançar.
É um plano, uma ideia mental que descreve o que a organização quer realizar objetivamente num prazo determinado.É mutável por natureza e representa algo concreto a ser alcançado. A visão de futuro é aquela que detecta os sinais de mudança, identificando oportunidades e ameaças, e direciona os esforços, inspirando e transformando produtivamente um propósito em ação, em fato concreto.

VALORES ORGANIZACIONAIS – Agimos com quais princípios éticos?

Conjunto de crenças e princípios que orienta as atividades da instituição. São os valores que devem nortear as ações e a conduta de quem trabalha na organização e que o público pode esperar da organização. Quando claramente estabelecidos, ajudam areagir rápida e decisivamente nas situações inesperadas que se apresentam.

Veja, a título de exemplo, a cartá de princípios do TCU:
Negócio: Controle externo da administração pública e da gestão dos recursos públicos federais.
Missão: Controlar a Administração Pública para Contribuir com seu aperfeiçoamento em benefício da sociedade.
Visão: Ser reconhecido como instituição de excelência no controle e no aperfeiçoamento da Administração Pública.
Valores:

  • Ética: Ter como padrão de conduta ações que busquem a verdade dos fatos, amparadas em honestidade, moralidade, coerência e probidade administrativa.
  • Efetividade: Atuar orientado para resultados que assegurem o cumprimento da missão e a excelência da imagem institucional.
  • Independência: Atuar com imparcialidade, liberdade e autonomia, de forma a rejeitar a interveniência de qualquer interesse que não o público.
  • Justiça: Pautar-se estritamente por princípios de justiça, pela verdade e pela lei, com integridade, eqüidade, impessoalidade e imparcialidade.
  • Profissionalismo: Atuar de forma técnica, competente, responsável, imparcial, coerente e objetiva e estar comprometido com a missão institucional

Adaptado de http://portal2.tcu.gov.br/portal/page/portal/TCU/planejamento_gestao/referencial_estrategico

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: