Deixe um comentário

Planejamento estratégico, tático e operacional

Planejamento é um processo gerencial articulado de definição de objetivos e escolha dos meio para atingi-lo e que fornece um mesmo Norte para toda equipe, uma ferramenta de informações para ajudar nas tomadas de decisão futuras. Segundo Kotler ele visa uma melhor interação com o ambiente, ou seja, se a empresa sabe como quer estar posicionada no mercado daqui a algum tempo e planeja como vai fazer para conseguir isso, então fica mais fácil.

As organizações procuram alcançar simultaneamente vários e diferentes objetivos e precisam estabelecer graus de importância e prioridade para evitar possíveis conflitos e criar condições de sinergia entre eles. Para isso, faz-se o desdobramentos dos objetivos maiores em objetivos menores recebem o nome de cascata de objetivos. Ela começa pela missão da empresa, que dará origem ao planejamento estratégico, que se desdobrará em um plano tático, e este em um plano operacional.

Todos os três níveis se relacionam com objetivos da organização e se diferenciam em termos de amplitude (espaço organizacional) e de horizonte (tempo). Segundo Chiavenato temos a seguinte classificação:

Planejamento estratégico

Tratam de objetivos globais e amplos, da organização como um todo, e definidos no longo prazo, isto é, entre dois a cinco ou mais anos pela frente. (Ex.: aumento do retorno sobre o investimento dos acionistas.)

Planejamento tático

Planeja a médio prazo e abrange cada unidade específica da organização. Traz, geralmente, objetivos divisionais ou departamentais relacionados com as áreas de produção, finanças, marketing e de recursos humanos da organização. (Ex.: Aumentar a qualidade das peças produzidas)

Planejamento operacional

É o mais específico e também o de curto prazo, voltado para a execução das operações quotidianas da organização referem-se geralmente a cada tarefa ou operação especificamente. (Ex.: Admitir 3 inspetores da qualidade e incentivar novas ideias para diminuir falhas na produção)

Eles são interdependentes: o plano estratégico para ser implementado precisa se desdobrar em planos táticos e operacionais. Estes dois precisam do plano estratégico para evitar que conflitem, para dar uma direção única, em conformidade com os objetivos da empresa.

O planejamento proporcionam benefícios, como:

  • guias para a ação,
  • motivação e envolvimento dos colaboradores
  • e racionalidade na tomada de decisão.

Para serem úteis, precisam ter as seguintes características:

  • ser mensurável,
  • realísticos,
  • desafiadores,
  • definidos no tempo,
  • relevantes e motivadores.

Adaptado de: http://www.cidademarketing.com.br/2009/ar/33/objetivos-estratgicos-tticos-e-operacionais-.html

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: